Terça-feira, 29 de Setembro de 2009

Nós e a Natureza

"As tuas forças naturais, as que estão dentro de ti, serão as que curarão as tuas doenças"

Hipocrates

 

Desde sempre que o Homem recolhe produtos da natureza, não só para se alimentar, mas também para usar como medicamentos na prevenção ou tratamento dos mais diversos problemas.

É um conhecimento que é de certo modo intuitivo, pois pode constatar-se que diversas civilizações paralelas da antiguidade tinham conhecimento de práticas e técnicas de manipulação de ervas e plantas medicinais. Havia uma relação de grande proximidade com a natureza e, através do seu estudo, pode comprovar-se as distintas propriedades de cada planta: comestíveis, mágicas, curativas, venenosas, alucinógenas.

 

As civilizações Orientais foram pioneiras e ainda hoje têm uma grande tradição no uso de ervas medicinais, como é o exemplo da China e da Índia.

 

Através da descoberta de um antigo papiro egípcio, comprovou-se que também esta civilização era detentora de um vasto conhecimento de medicina, contendo este papiro uma longa  lista de medicamentos relativos ao tratamento de doenças internas. Entre as plantas mais usadas pelos egípcios, destacam-se: o zimbro, o funcho, a romanzeira, o alho, a folha de sene..

 

 

Também há registos (antigos pergaminhos) de que na antiga Mesopotâmia havia igualmente um vasto conhecimento das propriedades terapeuticas das plantas.

 

Sem esqueçer os povos índigenas, detentores de uma grnade sabedoria em relação às plantas, usando-as no seu dia a dia para diversos fins: alimentação, tecnologia, rituais, ornamentação..

 

 

Seriam, mais tarde, os gregos e os romanos, os herdeiros destes conhecimentos.

Por exemplo, Hipocrates, o pai da medicina, considerava que havia uma ligação entre a forma e a cor das plantas, e a doença a ser tratada. No seu tratado Corpus Hippocraticum, descreve, para cada enfermidade, o seu remédio vegetal e tratamento correspondente.

 

 

O objectivo deste cantinho, convidá-los a conhecer um pouco melhor o mundo das plantas, frutos, e de todo o "mundo natural"..

Proporcionar-vos (e a mim também) um incentivo a adquirir uma maior ligação com a natureza, e consequentemente um melhor conhecimento de nós próprios e daquilo que nos rodeia.

 

Sejam Benvindos!!

 

"Há uma circulação comum, uma respiração comum. Todas as coisas estão relacionadas"

Hipócrates

"Os antigos sabiam algo, que parecemos ter esquecido"

Einstein

 

 

 


publicado por arcadosabores às 13:20

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.tags

. todas as tags

.posts recentes

. Equinácea (como tomar)

. Impotência masculina (dis...

. Como tomar Hipericão

. Como tomar Valeriana

. Modo de preparação das er...

. Propiedades do Kiwi

. A cura pelo Limão

. Propriedades da Beringela

. Nós e a Natureza

.arquivos

. Março 2016

. Outubro 2009

. Setembro 2009

blogs SAPO

.subscrever feeds